fbpx

O leilão de fretes na gestão logística

As mãos de uma pesssoa mexendo em um tablet

Basta uma simples consulta nos canais de atendimento ao cliente ou nas redes sociais de diversos e-commerces para ver que as queixas mais comuns dos consumidores incluem, principalmente, atrasos na entrega, perda de pacotes e produtos danificados durante o transporte. Essas reclamações geralmente têm uma única origem em comum: gestão e leilão de fretes mal planejado – ou inexistente.

A logística e a gestão de transporte andam juntas e são essenciais para o sucesso das empresas, mas enfrentar as incertezas do mercado atual pode tornar a seleção de transportadoras parceiras em uma tarefa complexa.

Dentre os vários formatos de contratação de fretes que conhecemos atualmente, o leilão de fretes tem surgido como uma opção importante. Este processo pode ser adaptado de acordo com as necessidades específicas de cada situação e é recomendável buscar recursos que promovam a automação do processo, proporcionando mais eficiência e transparência.

O que é o leilão de fretes?

É um processo em que e-commerces que necessitam de transporte oferecem suas cargas em um sistema de leilão para que transportadoras façam suas ofertas. Esse modelo de contratação permite que a empresa escolha a transportadora que apresenta a melhor proposta em termos de custo e serviço, garantindo, assim, uma contratação mais eficiente e competitiva.

Vantagens do leilão de fretes

O leilão de fretes oferece várias vantagens, mas as que mais se destacam são:

  1. Melhores custos: A competição entre transportadoras pode resultar em propostas mais econômicas, reduzindo os custos operacionais da empresa contratante. Além, é claro, de reduzir o frete para o seu cliente final.
  2. Mais transparência: O processo de leilão proporciona mais transparência, já que todas as ofertas são apresentadas de forma aberta, permitindo uma comparação justa e objetiva.
  3. Eficiência operacional: A automação do processo de leilão reduz o tempo gasto na contratação de transportadoras, liberando a equipe para se concentrar em outras atividades.
  4. Melhoria contínua: Através de um processo de mentoria e metodologia de gestão robusta, as empresas podem garantir a melhoria contínua do processo de leilão de fretes, aumentando a competitividade em transporte.

Implementação do leilão de fretes

Para implementar o leilão de fretes de forma eficaz, é necessário seguir alguns passos importantes:

  1. Automação do processo: Utilizar sistemas que promovam a automação do leilão de fretes é crucial para garantir mais eficiência e transparência. Softwares de gestão de frete permitem centralizar informações, monitorar centros de distribuição e supervisionar todas as etapas da entrega em uma única plataforma.


Leia também: WMS para e-commerce: entenda o que é e quais são as vantagens

  1. Analise suas necessidades: Avaliar o peso e o volume da carga, a previsão de entrega, o tipo de embalagem mais adequado para o produto e a necessidade de recursos adicionais de segurança são aspectos fundamentais para selecionar a transportadora mais adequada.
  2. Monitoramento e avaliação: O uso de sistemas de monitoramento possibilita acompanhar todas as movimentações da remessa, facilitando a identificação de erros ou problemas com o envio, permitindo solucioná-los de forma rápida e simples.

Dicas para aproveitar o leilão de fretes 

Para garantir uma gestão de fretes eficiente, é importante adotar algumas práticas para aproveitar todas as vantagens que o leilão te proporciona:

  1. Planejamento: Antes de colocar qualquer atividade logística em prática, é fundamental contar com um planejamento detalhado. Isso inclui considerar todos os recursos necessários para enviar uma encomenda e escolher bem a localização dos centros de distribuição.

  2. Definição de objetivos: Estabelecer metas e objetivos claros é essencial para medir o sucesso da estratégia adotada. Alguns exemplos de KPIs (Key Performance Indicators) incluem a porcentagem de entregas feitas no prazo estipulado e a redução de custos operacionais.

  3. Tecnologia: Aplicar ferramentas tecnológicas nos processos logísticos traz mais praticidade para a equipe. Preencher formulários é um procedimento que pode ser substituído, por exemplo, por sistemas mais modernos, agilizando o trabalho e gerando dados mais confiáveis.

  4. Automatização: A gestão do estoque, o rastreamento de encomendas e o cálculo de previsões de entrega são algumas das várias tarefas que podem ser automatizadas na gestão de frete. Um dos métodos, nesse caso, é contar com um parceiro logístico que fica responsável por todo o processo logístico do seu e-commerce, como a Estoca faz.  


O leilão de fretes surge como uma ferramenta poderosa para enfrentar os desafios que entregas demoradas e fretes caros trazem, oferecendo uma abordagem estratégica e flexível para a contratação de transportadoras. 

Ao implementar este processo, as empresas podem reduzir custos, aumentar a transparência e melhorar a eficiência operacional. No entanto, é essencial estar em conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis, além de utilizar sistemas que promovam a automação desse processo.

A experiência do cliente com uma marca vai além de encontrar um bom produto por um preço competitivo. Todas as etapas envolvidas em uma compra são levadas em consideração pelo consumidor – inclusive a entrega da mercadoria. Portanto, uma estratégia de gestão de frete bem planejada é essencial para garantir a satisfação do cliente e o sucesso do seu negócio.

× Fale com um especialista