fbpx

Conheça 14 KPIs de logística para e-commerce

Tela de computador com gráfico ilustrativo

Indicadores chaves de desempenho ou KPIs (em inglês, Key Performance Indicators) é medir o desempenho quantitativo dentro de seu departamento. Os KPIs de logística podem medir uma variedade de métricas, a maioria sendo relacionadas a compras, armazenamento, transporte, entrega de mercadorias e finanças.

Importância do monitoramento de KPIs de logística para e-commerce

As principais preocupações dos donos de e-commerce são obter o número certo de pedidos atualizados em tempo real, transportá-los em boas condições e entregá-los ao cliente certo.

Mas a má gestão logística pode facilmente impactar todos esses itens, resultando na etapa final do negócio. Para operar com o menor número de interrupções, os donos de e-commerce devem medir e monitorar de perto os seus KPIs de logística.

Mas, como criar métricas de KPI de logística para o seu e-commerce?

1. Identifique suas metas – quais problemas você vem enfrentando? Para chegar nessa resposta, uma dica é fazer algumas perguntas para você mesmo. Por exemplo:

  • Com que frequência o produto é entregue com atraso ou danificado?
  • Quantas vezes há falta de mão de obra?
  • Os veículos de transporte estão sendo usados ​​em sua capacidade total?


Agora também é um bom momento para definir os diferentes processos nos quais sua equipe de logística está envolvida e certificar-se de que as perguntas que você está fazendo incluam todos os aspectos do seu negócio.

2. Defina metas alcançáveis ​​e razoáveis ​​para cada KPI de logística. Esses benchmarks podem vir de padrões do setor ou simplesmente de seus dados históricos, se disponíveis.

3. Conte com ajuda da sua equipe. A análise de KPIs não é um trabalho autônomo e pode ser uma tarefa demorada. Portanto, conte ajuda de quem faz parte da rotina da sua loja.

4. Revise regularmente os KPIs com a equipe responsável e tome medidas. Se suas métricas não forem acionáveis, elas não precisam ser incluídas em seu programa. Em suas análises, certifique-se de discutir detalhadamente os fatores por trás de cada métrica.

Existem muitos fatores internos e externos que contribuem para uma tendência e entendê-los o ajudará a tomar melhores decisões. Se você seguir as etapas acima, estará no caminho certo para criar um programa que rastreie métricas logísticas significativas. 

No entanto, como todos sabemos, teoria e prática são coisas diferentes. Então, se você estiver confuso ou sobrecarregado, saiba que você não está sozinho!

Exemplos de KPIs financeiros de logística

Finanças saudáveis ​​são a espinha dorsal de uma operação bem-sucedida. E a logística não é exceção. Priorize os KPIs financeiros e monitore-os de perto. Eles têm o potencial de fazer ou quebrar uma organização.

Analisando os seguintes KPIs financeiros e você pode garantir que a logística do seu e-commerce não está comprometendo a sua margem de lucro. Importante saber que os KPIs de logística e financeiros devem andar sempre juntos.

Leia também: 7 dicas de gestão financeira para salvar seu negócio

  1. Custos de separação e embalagem

Este indicador chave de desempenho logístico mede todos os custos associados à separação e embalagem de produtos. Inclui desde os equipamentos utilizados para movimentar os itens, até os materiais de embalagem e a mão de obra envolvida. O estudo desta métrica dará aos gestores de logística a oportunidade de encontrar os processos de menor custo, mas que ainda sejam eficientes.

  1. Índice operacional

Esta métrica de logística mostra a relação entre o valor da receita e o custo operacional de funcionamento do negócio.

Índice operacional = despesas operacionais totais/receita total.

Um índice operacional baixo é preferível, pois indica lucros mais altos. O ideal é sempre ter como objetivo encontrar maneiras criativas e sustentáveis ​​de reduzir os custos dos negócios.

  1. Índice de lucro líquido

Este KPI de logística pode ser interpretado de duas maneiras. Poderia comparar os lucros após impostos com o valor das vendas ou com o valor total do ativo.

No primeiro cenário, o índice de lucro líquido é um indicador muito bom da quantidade de vendas necessária para obter um certo nível de lucro.

Índice de lucro líquido = lucro após impostos/vendas totais.

No segundo cenário, o índice de lucro líquido é uma medida de retorno sobre o investimento.

Índice de lucro líquido = lucro após impostos/valor total do ativo.

  1. Índice de rotatividade de estoque

Este indicador chave de desempenho de logística avalia a rapidez com que os produtos se movem em um e-commerce. Esse índice determina o número de vezes que o estoque é renovado durante um período de tempo.

Índice de giro do estoque = custo das mercadorias vendidas/valor médio do estoque.

Um índice de rotatividade de estoque mais alto é o ideal, pois indica uma forte estratégia de vendas e uma alta demanda pelas mercadorias.

  1. Relação estoque/vendas

Esta métrica de logística avalia o número de produtos disponíveis no estoque em comparação com o número real de vendas. O índice de estoque para vendas mede o excesso de itens e é um bom indicador da robustez de uma empresa quando se trata de lidar com interrupções inesperadas na cadeia de suprimentos.

Razão de estoque para vendas = preço médio de estoque/vendas líquidas.

Relatar os principais indicadores de desempenho da logística financeira pode ser um desafio. Os assuntos financeiros são complicados e tediosos. Se você tentar gerenciá-los manualmente, pode demorar muito ou estar cheio de erros. É vital escolher o software de relatórios financeiros certo que possa organizar sua operação e fornecer dados confiáveis.

Leia também: 10 dicas para seu e-commerce vender mais

Exemplos de KPI de Logística de Abastecimento e Estoque

  1. Utilização da Capacidade

Este KPI de logística mede o uso dos recursos de uma empresa. Cada empresa tem uma capacidade máxima quando se trata de fabricação e produção. Ao monitorar a utilização da capacidade, os donos de e-commerce podem gerenciar melhor as taxas de produção, reduzir os custos operacionais e garantir um fluxo sustentável de mercadorias pela empresa.

Utilização da capacidade = taxas reais de produção/taxas máximas de produção.

Essa métrica também esclarece a capacidade da empresa em lidar com um aumento na demanda.

  1. Uso de material de embalagem

Este KPI de logística rastreia a quantidade de material de embalagem usado durante o processo de coleta e embalagem.

Para reduzir os custos operacionais e reduzir os impactos ambientais do negócio, os donos de e-commerce devem buscar não apenas usar menos material, mas também usar produtos ecologicamente corretos para embalar os itens.

  1. Tempo de picking and packing

Esta métrica de logística mede a quantidade de tempo que um funcionário do armazém leva para retirar um produto da prateleira e embalá-lo.

Tempo de picking e embalagem = tempo em que a embalagem é concluída – tempo em que o pedido foi retirado no armazem.

A tendência desse KPI levará a uma investigação mais profunda sobre as ineficiências da linha de produtos. Pode ser tentador definir metas altas para o tempo de coleta e embalagem, mas os donos de e-commerce devem ter em mente que definir metas inatingíveis leva à insatisfação dos funcionários e ao baixo desempenho operacional.

Exemplos de KPI de Logística de Transporte

Além de desenvolver finanças fortes e gerenciamento de estoque eficaz, os donos de e-commerce devem ficar de olho no transporte. O método mais eficaz de fazer isso é identificar tendências e acompanhar os principais indicadores de desempenho da logística de transporte.

  1. Número de Remessas

Esta métrica de logística monitora o número de pedidos que são enviados para fora do depósito. A análise dessa tendência fornecerá à equipe de logística uma visão das horas mais movimentadas do mês ou do ano.

Os donos de e-commerce podem usar essas informações para aumentar a mão de obra e, consequentemente, aumentar a receita.

  1. Taxa de retorno do caminhão ou tempo médio de espera

A taxa de retorno do caminhão como um indicador chave de desempenho de logística mede o tempo desde quando um caminhão de entrega entra no armazém para coletar ou entregar produtos até quando ele sai da instalação . Essa métrica é uma medida da eficiência de carga e descarga da empresa e deve ser mantida baixa.

Taxa de retorno do caminhão = tempo na saída do caminhão – tempo na entrada do caminhão.

Outro KPI que também mede quão bem uma instalação funciona é o tempo médio de espera ou o tempo médio de permanência. Semelhante à taxa de retorno do caminhão, o tempo médio de espera mede a duração do tempo perdido pela transportadora enquanto espera pelo carregamento ou descarregamento. Em outras palavras, essa métrica mede a fluidez do fluxo de trabalho de envio e recebimento.

Tempo médio de espera = tempo no envio/recebimento do produto – tempo na entrada.

  1. Desempenho do motorista

O desempenho do motorista é uma combinação de vários KPIs de transporte que são usados ​​para avaliar a qualidade dos caminhões e dos motoristas; KPIs como velocidade, tempo ocioso, ocorrências de frenagem forte e muito mais.

Ao monitorar de perto essas tendências, os donos de e-commerce podem não apenas gerenciar melhor a manutenção dos caminhões, mas também avaliar a qualidade de seus motoristas.

A segurança deve ser sempre um valor central e estar no centro de todas as organizações. As métricas de desempenho do motorista permitirão que comportamentos inseguros sejam detectados antecipadamente e fornecerão tempo suficiente para a empresa treinar novamente seus motoristas.

Leia também: Fulfillment: o que é e como funciona?

Exemplos de KPI de Logística de Entrega

A entrega é a última etapa do processo logístico. Ele preenche a lacuna entre seu e-commerce e seus clientes. Os serviços de entrega são essenciais para criar uma experiência positiva para eles.

Mesmo que você faça um trabalho impecável gerenciando estoque, armazém e transporte, você perderá clientes devido à insatisfação se seu processo de entrega for inferior. Abaixo estão os principais KPIs de entrega para donos de e-commerce:

  1. Tempo de ciclo do pedido

Este KPI de logística mede a quantidade de tempo entre a colocação do pedido pelo cliente e o recebimento do pedido.

Lead time = hora em que o pedido foi recebido – hora em que o pedido foi feito

Muitos fatores podem afetar o prazo de entrega, incluindo escassez de matérias-primas, problemas de transporte, falta de mão de obra, desastres naturais e até mesmo erro humano. Essa métrica ajuda os donos de e-commerce a identificar possíveis gargalos e resolvê-los antes que se tornem um problema generalizado.

  1. Prazo de entrega

Assim como o frete, o prazo de entrega também é um fator levado em conta no momento de decisão de compra.

Esta métrica logística é mais uma medida de eficiência do processo dentro do grupo de logística. O tempo de entrega é a duração entre o momento do embarque do armazém até o momento do recebimento pelo cliente.

Tempo de entrega = hora em que o pedido foi recebido – hora em que o pedido foi enviado.

O principal objetivo de qualquer dono de e-commerce deve ser reduzir ao máximo o tempo de entrega, o que, por sua vez, levará a maiores taxas de satisfação do cliente.

Uma dica aqui é tornar a entrega mais visível e transparente para que os clientes fiquem mais satisfeitos e cientes de onde está o seu pedido.

Leia também: Conheça o Rastreio por WhatsApp da Estoca

  1. Taxa de precisão do pedido

Este indicador chave de desempenho logístico mede o número de pedidos que são processados, enviados e entregues perfeitamente e sem contratempos. A precisão do pedido desempenha um papel direto nos custos operacionais. Uma baixa taxa de precisão do pedido leva a produtos devolvidos e perda de receita.

Taxa de precisão do pedido = número de pedidos perfeitos/número total de pedidos.

Nosso objetivo com este artigo é fornecer uma orientação sobre como gerenciar uma operação logística dentro do seu e-commerce. Apesar de parecer complicado, é importante contar com parceiros logísticos confiáveis para te auxiliar e acompanhar.

Mas caso você prefira focar os seus esforços no seu produto e nas vendas, você pode também optar pela terceirização da sua logística, Assim, o seu parceiro especializado irá gerenciar todos esses KPIs para você. 

A Estoca pode ser esse parceiro! Atualmente temos duas opções de serviços para te auxiliar – o WMS e o Fulfillment.

Fale com um de nossos especialistas e entenda como nossos produtos podem ajudar a sua logística e garantir que ela seja feita por quem entende do assunto.

× Fale com um especialista